FONPLATA contribui para melhorar a atividade cultural na Argentina

Ph. Ministério da Cultura da Nação - Argentina

O Banco de Desenvolvimento aprovou financiamento de USD 5 milhões para o “Projeto de Valorização e Consolidação Regional das Casas de História e Cultura do Bicentenário”, com o objetivo de apoiar esses centros de inclusão cultural e social para o desenvolvimento de identidades culturais locais e para a promoção de atividades econômicas regionais voltadas à redução das desigualdades.

O projeto busca potencializar a atividade econômica cultural local e regional, melhorando equipamentos técnicos e tecnológicos e apoiando o fortalecimento das capacidades dos criadores de bens e serviços culturais para incrementar sua produção, divulgação, gestão e marketing. Especificamente, o aprimoramento das Casas de História e Cultura do Bicentenário, como rede nacional de inclusão cultural e social, envolverá a atualização de equipamentos e a incorporação de novas atividades, disponibilizando às pessoas ligadas ao setor cultural as ferramentas necessárias para o correto desenvolvimento de sua profissão. Dessa forma, serão incorporados kits para a realização de ações culturais com equipamentos para fotografia e vídeo, áudio, equipamentos de informática e suprimentos de conectividade; mobiliário modular para exposição de bens culturais; equipamentos para inclusão de pessoas com deficiência; e, inclusive, a instalação de sistemas solares fotovoltaicos em alguns centros para garantir sua sustentabilidade energética.

Inclui também a criação e aplicação de ferramentas para potencializar a atividade cultural dentro dessa rede nacional, tais como: o desenvolvimento de plataforma digital que promova a disseminação, produção e comercialização de bens e serviços culturais que, por sua vez, contribuam para sua vinculação e articulação; o desenvolvimento de aplicativo para dispositivos móveis complementares a esta plataforma para disseminar os conteúdos gerados e permitir interagir com eles; e a geração de atividades de formação técnica, gestão e especialização no uso de novas tecnologias para promover a realização de bens e serviços culturais para trabalhadores, empresários, empreendedores do setor cultural, funcionários das casas e membros da comunidade que participam ativamente de suas atividades nas diferentes localidades.

A execução ficará a cargo do Ministério da Cultura da Nação Argentina, por meio da Direção Nacional de Inovação Cultural. O programa contribuirá para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 2030, em particular: “Trabalho decente e crescimento econômico” (ODS-8), para promover o desenvolvimento inclusivo e sustentável e o emprego para todos e as políticas voltadas para o apoio às atividades produtivas, ao empreendedorismo, à criatividade e à inovação, além de incentivar a formalização e o crescimento de micro, pequenas e médias empresas; e “Redução das desigualdades dentro e entre países” (ODS-10), que busca potencializar e promover a inclusão social, econômica e política de todas as pessoas, independentemente de idade, sexo, deficiência, raça, etnia, origem, religião, situação econômica ou outra condição.

23/06/2021

Localização