Menos congestionamento e melhor capacidade para o Porto de Montevidéu

FONPLATA

Com o projeto "Melhoria dos Acesso ao Setor Portuário", o FONPLATA financiará obras de US$ 50 milhões.

Assunção, 10 de outubro de 2018.- A Diretoria Executiva do FONPLATA, reunida nesta cidade, aprovou hoje o projeto "Melhoria do Acesso ao Setor Portuário", que busca melhorar a acessibilidade terrestre, tanto rodoviária quanto ferroviária ao Porto de Montevidéu, no Uruguai.

Os trabalhos também buscam eliminar os problemas de congestionamento de trânsito causados pelo tráfego intenso de acesso ao porto e ampliar a capacidade do recinto portuário e sua funcionalidade.

O transporte de pessoas e de cargas nas cercanias do porto de Montevidéu aumentou por causa da crescente atividade econômica do próprio Porto e da cidade.

Por sua vez, o modo de gestão espacial das cargas vem mudando, por causa, entre outros fatores, da criação de novos centros de concentração, como terminais extra portuários e portos secos, além de áreas de exclusão ou limitações ao transporte pesado.

Esses fenômenos geraram uma grande mudança na demanda de infraestrutura na área de acesso ao Porto.

Administração Nacional de Portos resolve repensar a circulação interna do Porto de Montevidéu para concentrar as entradas e saídas de veículos de carga em um único ponto de acesso que permita melhorar a eficiência do sistema logístico portuário, aumentar sua produtividade e ampliar suas capacidades de uso do solo, em harmonia com o desenvolvimento da cidade.

Entre as obras a serem realizadas está a construção de um viaduto e de uma ponte em arco no atual Acesso Portuário, a pavimentação do novo espaço portuário e outras obras que melhorarão a circulação interna e externa no Porto de Montevidéu.

O objetivo geral do projeto é melhorar a competitividade e eficiência do Porto de Montevidéu para atender às necessidades de expansão do comércio exterior em um horizonte não inferior a 30 anos.

Localização